Inspirar e criar

A arte de se inspirar e criar

Olá! Sou a Laís da Laís Ribeiro – Papelaria Criativa e hoje vim falar um pouquinho sobre se inspirar e criar.

Eu sou totalmente ativa e viciada em Facebook. Olho várias vezes durante o dia os grupos de assuntos relacionados à Silhouette, principalmente o meu grupo: Silhouette com Laís Ribeiro.

Durante esses passeios diários nos grupos, vejo que muita gente não deixa a imaginação voar na hora de criar e foca somente em usar fotos de outros colegas para perguntar onde encontrar aquela fonte, kit digital e arquivo de corte, tornando o resultado de seu trabalho bem parecido com a referência (quando não igual).

Por só copiar outros trabalhos – seja porque gostou ou porque um cliente pediu igual -, o profissional não desenvolve sua própria identidade, estilo de trabalho e personalização.

 

Pensando nisso, vou compartilhas algumas dicas que me ajudam a produzir e que pude constatar conversando com outras colegas:

 

♦ É super importante estudar o tema. Isso não significa buscar apenas imagens no Google, mas entrar no site oficial, ler, assistir (caso o tema seja de filme/desenho) e prestar atenção em pequenos detalhes que raramente aparecem no Google imagens. Assim, você conseguirá surpreender o fã daquele tema e mostrar que tomou o cuidado de estudar e trabalhar com os mínimos detalhes.

 

♦ Evitar se inspirar em trabalhos de outros colegas que fizeram aquele tema. Quando eu vejo um trabalho que gosto muito, fico com ele na cabeça e me travo para criar algo diferente. Quando percebo, estou fazendo muito parecido e levo mais tempo para criar algo diferente.

É possível ver isso nas fotos abaixo, das também criativas aqui do Serilon Crafts Blog: Mayara Calderone e Adriane Bueno. Elas fizeram o mesmo modelo, de um mesmo tema, personagem do mesmo kit digital, a mesma paleta de cores e o resultado saiu completamente diferente um do outro. Cada uma delas colocou sua identidade, seu estilo de personalização na peça.

Inspirar e Criar MayaraInspirar e Criar Adriane

Por: Le Petit PoáAdriane Bueno

 

♦ Não precisa necessariamente usar imagens para de personagens para trabalhar um tema. Você pode usar referências a ele, como no exemplo abaixo de uma festa da Alice no país das maravilhas. Nas letras 3D foram usados elementos que lembram cada personagem ou cena: Alice, Rainha de Copas, Gato, Chapeleiro, chá de desaniversário, Sr. Coelho. E a caixinha sushi virou o chapéu do Chapeleiro.

Chapeleiro LaisChapéu Lais Ribeiro

Por: Laís Ribeiro

 

♦ Se ainda assim precisar ver algo pronto para ter uma luz, um norte para você começar, busque por um item diferente do que você tem que fazer. Se você for fazer um caderno personalizado, busque por exemplo por letra 3D do tema, ou algum modelo de caixinha.

O exemplo abaixo é de uma encomenda que eu fiz. O pedido era um bloquinho para lembrança de dia dos professores. Sem exigências, me deixaram livre para criar, tanto em relação aos elementos, quanto às cores. Eu estava completamente travada, pois na mesma semana eu já havia visto um número enorme de itens diversos usando corujas, mas como sempre tento sair do padrão do que todo mundo está fazendo, para reduzir o máximo possível a possibilidade de ter parecidos, eu busquei outras referências e encontrei duas fotos que foram essenciais para mim. Adorei a ideia do papel como se fosse folha destacada no fundo, o lápis e o efeito da tag de coração.

Caderneta dia dos professoresDia dos Professores

Por: SvgCuts

Com essas inspirações, eu pude desenvolver o meu, com meu estilo de usar tons pastel, uma estampa vintage, incluí a folha destacada e um lápis. Na tag, troquei o coração por uma letra, mas não qualquer uma aleatória: tive o cuidado de solicitar a lista de professores para fazer personalizado com a inicial de cada um deles. E coloquei uma maçã, que considero clássico.
Como pode ver abaixo, mesmo buscando referências em trabalhos do mesmo tema, é completamente possível fazer algo diferente, próprio, com sua identidade.

Lembrança Criativa

Por: Laís Ribeiro

 

♦ Dê uma passeada em banco de imagens. Pode ser que você não vá usar nenhuma imagem que está ali, mas alguma pode te inspirar para criar algo. Talvez você esteja procurando uma coisa e acaba encontrando outra que te inspira a criar algo que você não tinha pensado antes. Ou assim como a Thaty Garcia, da Balloon Design, que se apaixonou por uma imagem que a inspirou a criar uma caixinha fofíssima.

Inspiração NaturezaCriação Natureza

Por: Freepik | Balloon Design

 

♦ Conheça o Freepik. Eu, particularmente, sou apaixonada. Passo horas viajando olhando as imagens e tendo várias idéias para seu uso. O bom do Freepik é que tem milhares de vetores gratuitos e eu uso muito esses vetores para fazer trabalhos em camadas, já que eles já abrem com as partes todas separadas em programas vetoriais ou no Studio Business Edition.

Natal CriativoCriatividade Natal

Por: Freepik |Laís Ribeiro

 

♦ Invista em conhecimento. Não digo nem em fazer curso ou investir algum valor, mas sim um tempo. Conheça os programas de edição de imagens e de vetores, assim terá mais facilidade em fazer modificações e adequar imagens ao seu trabalho.

 

♦ Antes de pedir ajuda com algo, tente fazer! Muitas vezes em um pedido de ajuda você recebe a solução pronta e, com isso, não aprende. Numa próxima vez que precisar novamente, terá que recorrer de novo a alguma ajuda e vai se tornar dependente disso.

 

♦ Deixe a imaginação rolar e faça com que moldes básicos se tornem peças com personalizações que surpreendam e transformem o modelo original. Veja os quatro exemplos abaixo:

Silhouette InspiraçãoCriação Caixinha

Por: Silhouette Design Store | Balloon Design

Caixinha 3D Coco 3D

 

Por: Silhouette Design Store | A Coruja Papeleira

Dificilmente alguém vai lembrar que a bilheteria é, na verdade, uma simples caixa milk, que todos conhecem. A personalização transformou por completo o modelo básico e mostrou que mesmo as caixas mais simples podem ser versáteis. Basta ter imaginação.

O coco é outro bom exemplo. Muita gente conhece a caixa octogonal e usa exatamente dessa forma: como uma caixa com oito lados. Mas, por que não dar um novo sentido à forma? Que tal adaptar um outro objeto àquele formato? E assim surgiu um coco totalmente diferente, inusitado e original!

Já o trenó, ganhou “vida” ao ser transformado em uma peça 3D. O que era apenas um recorte chapado, decorando um cartão, se transformou em uma bela caixinha para lembranças ou mesmo um item decorativo para a sua mesa de Natal.

Cartão de trenó trenó 3D

Por: Birds CardsLaís Ribeiro

 

Sei que cada um desenvolve suas técnicas para criação, mas para quem estava precisando de um norte, essas foram apenas algumas dicas para abrir a mente e espero ter te ajudado.

Compartilhe conosco nos comentários o que você faz para ter inspiração e ideias.

 

Se você ainda não tem sua Silhouette, aproveite para comprar na Serilon Crafts. Para ganhar um desconto especial, use o cupom:

Cupom alizsil

 

Um grande abraço e até o próximo post.

Assinatura Lais



12 Comments

Iziná de Almeida Araujo
24 de novembro de 2017 at 22:0931

Muito bom texto, parabéns

Responda
Katia Fernandes da Cunha Carvalho
29 de novembro de 2017 at 22:1631

Excelente post, ajudando a sair da caixinha

Responda
Talita Evelyn
29 de novembro de 2017 at 22:3131

Excelente, Laís! Dicas ótimas e que eu já levava pra vida! Como sou formada em design, sempre fui muito estimulada a trabalhar a criatividade, e pensar fora da caixinha, como diziam meus professores. Hoje em dia com tanta informação e um mercado tão competitivo, é muito comum a gente ver “mais do mesmo” e não conseguir se destacar. E é aí que entra a minha motivação em tentar me inspirar com referências diferentes do que todo mundo faz.

Responda
Mariana Gervilla
29 de novembro de 2017 at 23:0531

Texto perfeito e de leitura obrigatória para qualquer criativa, independente da área!

Responda
seriloncrafts
30 de novembro de 2017 at 11:5531

Apoiamos! Hahah

Responda
Aline de Mello
29 de novembro de 2017 at 23:3731

Amei, amei, amei! Super útil todas as dicas. Algumas eu já fazia, mas outras deixava passar completamente despercebidas e são super bacanas! Só de ler o post já tive várias ideias rsrs…identidade e criatividade no nosso trabalho e essencial, então bora soltar a imaginação!

Responda
seriloncrafts
30 de novembro de 2017 at 11:5531

E a gente adora soltar a imaginação ♥♥ Bora!

Responda
Juliana
29 de novembro de 2017 at 23:5631

Vc arrasa sempre parabéns

Responda
Magali
30 de novembro de 2017 at 00:0031

Suas dicas são muito boas. Sempre que nao conheço o tema vou em busca de informação… E o que você colocou sobre a ideia vir de forma inusitada é bem verdade. Comigo aconte sempre. Um exemplo fou uma festa com o tema haras. Tinha que fazer cx acrílica e estava sem ideias… procutando elementos para o tema vi um cavalo em um cercado… A ideia fechou… A tampa fiz um cercado com um cavalo em pé…
Hoje evito buscar referência no que já está pronto pq trava minhas ideias… prefiro abrir um projeto em branco e trabalhar do zero ..

Responda
Layza
30 de novembro de 2017 at 02:0531

Um arraso! Gosto bastante do freepik, para me inspirar. Obrigada pelas dicas e sucesso sempre <3

Responda
Sabrina Sampaio
30 de novembro de 2017 at 07:4831

Excelente conteúdo Laís! <3

Responda
Jaiclene
30 de novembro de 2017 at 14:5331

Ótimas dicas!

Responda

Deixe Seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*
*